Diários Oficiais

segterquaquisexsábdom
     12
10111213141516
17181920212223
24252627282930
       
  12345
6789101112
2728293031  
       
  12345
6789101112
2728     
       
      1
23242526272829
3031     
   1234
567891011
12131415161718
       
 123456
78910111213
14151617181920
282930    
       
     12
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31      
   1234
567891011
2627282930  
       
1234567
15161718192021
22232425262728
293031    
       
    123
45678910
25262728293031
       
  12345
13141516171819
27282930   
       
      1
23242526272829
3031     
    123
45678910
11121314151617
18192021222324
       
21222324252627
28293031   
       
891011121314
22232425262728
29      
       
    123
45678910
11121314151617
       

Notícias

Publicado em 30/03/16

Café de Ideias debate políticas para crianças e adolescentes

Evento acontecerá bimestralmente na Casa de Acolhimento e Cidadania

cacweb1

A Prefeitura de Mesquita lançou nesta quarta-feira, dia 30, por intermédio da secretaria de Assistência Social e da Casa de Acolhimento e Cidadania (CAC), o Café de ideias. O encontro, que reuniu profissionais das áreas de assistência social, saúde e educação, aconteceu no auditório do Fórum Municipal.

O objetivo do programa, acontecerá a cada dois meses na sede da CAC, é criar um amplo debate e  trocar ideais para estabelecer políticas de atendimento para crianças e adolescentes . Segundo o secretário de Assistência Social de Mesquita, Rogério Sant´Anna, a proposta é buscar cada vez mais pessoas interessadas em participar desse processo.

“Nossa meta principal é promover sempre o retorno dessas crianças às suas famílias de origem, esgotadas todas as possibilidades encaminhá-las para famílias substitutas. Nosso desafio é fazer essa passagem pela CAC se aproximar o máximo possível do ambiente familiar, tornando o local o mais acolhedor  possível “, explicou o secretário. Rogério lembrou ainda que lidar com muitas crianças ao mesmo tempo já é um desafio, que se torna ainda mais difícil em se tratando de indivíduos que tiveram o vínculo familiar rompido e que possuem traumas. “Muitas vezes o trabalho é mais um sacerdócio que apenas uma atividade profissional, pois envolve sentimento acima de tudo”, ressaltou.

Já a gerente da CAC, Miriam Lima, que apresentou toda a equipe técnica e de educadores da casa, também ressaltou a meta da reinserção familiar como a base da política adotada pelo órgão, como previsto no Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), e lembrou que o compromisso dos profissionais que atuam no local é determinante para o sucesso do trabalho.

A psicóloga da CAC, Carla Cerqueira, apresentou uma visão das crianças da instituição através de uma espécie de esquete com frases ditas pelas crianças de passagem pela instituição sobre carinho, dever e família. O próximo Café de Ideias vai acontecer no dia 11 de maio, na sede da CAC, que funciona na Rua Barros Peixoto, 180, em Banco de Areia. Telefone para contato: 27962932.

 


notafiscal

BOTTOM_SITE

bt_previ

LINK_ACESSO

Lei de Acesso

eSIC

Aumente a fonte

AAA